10 Motivos para Fazer Férias em Portugal

125626_portugalia_algarve_miasteczko_lagos

Existem, pelo menos, 10 bons motivos para fazer férias em Portugal. Razões económicas (é possível fazer férias muito baratas, em função do planeamento) e a facilidade da língua não estão incluídas na nossa lista, pois já assumimos esse pressuposto. Vejamos então 10 razões realmente turísticas para vir de férias para Portugal:

  • Praias: para o surf no Baleal (Peniche); urbanas no Porto, Matosinhos e em Leça da Palmeira; a perder de vista em Porto Santo; para as crianças em S. Martinho do Porto, e fluviais na serra da Estrela (Loriga).
  • Arquitetura: o convento de Mafra, o Mosteiro de Alcobaça, o Palácio da Pena e a Torre dos Clérigos têm tudo para o surpreender.
  • Gastronomia: a cozinha por125626_portugalia_algarve_miasteczko_lagostuguesa é das mais ricas e variadas do mundo. Sabe o que é o laburdo da Beira Baixa?
  • Natureza: sabia que, entre os parques naturais, o Parque Nacional da Peneda-Gerês e outras áreas conservadas, são mais de 40 as áreas naturais protegidas por lei, em Portugal?
  • Vida Noturna: por todo o lado existem bares, discotecas, sossegados bares de degustação de vinho e muitas esplanadas para aproveitar as noites de verão.
  • Compras: os mercados são locais onde a cultural local se manifesta mais genuinamente. Não passe pelo Porto, por exemplo, sem visitar o Bolhão.
  • Vinho: Portugal é um dos maiores e melhores produtores de vinho do mundo. Do Alentejo ao Douro, ao Dão, ao Minho, até às minirregiões em torno de Lisboa (Colares, Bucelas, Carcavelos), o enoturismo é um bom motivo para sair de casa.
  • Cidades: Lisboa, Porto, Coimbra, Évora, Braga, Guimarães, Guarda e várias outras cidades históricas e monumentais merecem uma visita dedicada e folgada.
  • História, por todo o lado: sabia que Coimbra tem um fórum romano subterrâneo visitável, bem no centro da cidade?
  • Passeio: na verdade, o país é tão diversificado e o nosso tempo tão curto que pegar no carro e sair à descoberta dificilmente o deixará dececionado. Não é por acaso que 36 municípios do interior do país estão dedicados ao desenvolvimento de uma rota turística em torno da estrada nacional 2, que vai de Chaves, em Trás-os-Montes, a Faro, no Algarve.